Unidade de Imagem, Microestrutura e Microanálise - IMICROS

 

ATIVIDADE

No quadro dos objetivos do CEMUP desenvolve atividades que incluem:

  1. o apoio a projetos de investigação da Universidade

  2. a organização e colaboração em atividades de formação:

    • organização de cursos sobre:

      • Microscopia Eletrónica de Varrimento (SEM) e Microanálise por Raios X (EDS/WDS)

      • Espectroscopia de Fotoeletrões de Raios X (XPS)

      • Metalografia Quantitativa e Análise Quantitativa de Imagem

    • o apoio, nas áreas de SEM/EDS, XPS e Metalografia Quantitativa no âmbito das licenciaturas, cursos de especialização e mestrados, organizados pela Universidade do Porto;

  3. o apoio ao controlo de produtos industriais e análise de falhas, diretamente ou em cooperação com outros laboratórios:

    • envolvendo a caracterização de:

      • metais, cerâmicos, polímeros, biomateriais e materiais compósitos, ... ;

      • revestimentos metálicos, cerâmicos e poliméricos ;

    • com o objetivo de :

      • estabelecer a microestrutura (morfológica e microanalítica);

      • caracterizar dimensionalmente revestimentos, as fases, microconstituintes, ...;

      • estudar a superfície e a transformação microestrutural dos materiais por corrosão, desgaste, tratamento térmico, ...;

 

ÁREAS DE ATIVIDADE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Os meios laboratoriais disponíveis permitem:

  • a caracterização morfológica e microestrutural de superfícies com elevada resolução espacial
    • identificação de microestrutura, caracterização dimensional de fases constituintes, filmes, revestimentos ou pós ;
  • a análise elementar de microconstituintes, superfícies e interfaces
    • simultânea com a observação, com uma resolução espacial lateral e em espessura, da ordem de um micrómetro;
  • a análise elementar, e de ligação química de superfícies e interfaces
    • com uma resolução em espessura de alguns nanómetros;
  • a análise da variação da composição elementar
    • ao longo de uma superfície ou em espessura, com elevada resolução espacial.

de materiais sólidos de natureza muito diversa:
>> metais, cerâmicos, compósitos, semicondutores, polímeros, biomateriais, materiais biológicos, ...

que se apresentem sob formas e estados de agregação muito diversificados:
>> amostras compactas, porosas, fragmentos, pós, filmes e revestimentos, ... .

 

A caracterização morfológica e a análise elementar local (não destrutiva)

com elevada resolução espacial lateral e em espessura permite a caracterização de materiais - microestrutura e composição - e a análise de transformações da microestrutura e superfície resultantes de processos de revestimento, desgaste, corrosão ou transformação por aquecimento, ação termoquímica ou mecânica, com interesse para:

 

o estudo, investigação e desenvolvimento de processos e materiais 

 a caracterização e controlo das condições de fabrico
 e processamento de materiais

o controlo de qualidade e análise de falhas